Empregabilidade e os planos para 2017. Ou seria 2018?

31 de outubro de 2017

Pois bem! Dois meses para 2017 se encerrar e os planos, projetos, ações e expectativas, como estão? (obs: esse texto tem uma reflexão sobre a competência Empregabilidade e também fala sobre um curso sobre consultoria, caso tenha interesse em seguir a leitura).

Para quem segue um calendário que se encerra sempre em Dezembro, esse provavelmente é um período de checar se as metas foram batidas, de avaliar o quanto se obteve de sucesso ao comparar o planejado-executado-liquidado e de pensar nas novas diretrizes para o próximo ano.

Para quem não se prende muito a datas festivas e algumas limitações advindas de tais períodos, qualquer data é data para avaliar metas, iniciar projetos, iniciar um curso e repensar a rota.

Olhando para os dois últimos anos, percebemos o quanto foi difícil para muitos profissionais conseguirem atuar no mercado de trabalho. Para alguns, manter-se em suas posições foi o desafio. Para outros, lidar com o desligamento e com a nova perspectiva de procurar um novo trabalho também.

O panorama de profissionais competentes, com expertise e capacidade de ensinar, de resolver problemas, de orientar decisões e que ainda não estão reposicionados ou que não estão trabalhando – e precisam – é uma realidade alarmante.

Essa realidade me faz lembrar de um conceito que conheci ainda na época de faculdade (uns 16 anos atrás) chamado Empregabilidade. A capacidade de estar em atividade de trabalho ainda que não esteja empregado (registrado em carteira, vamos ser claros). No cenário atual, empregabilidade é uma competência que estamos desenvolvendo na prática. Para muitos é uma novidade, uma possibilidade. Para outros, entretanto, uma opção. Talvez a única.

Neste ano em que a atividade autônoma esteve em alta, começamos a pensar na atividade do consultor como a opção para quem precisa ou quer se manter ativo no mercado. E para atuar como consultor é necessária a empregabilidade.

Para iniciar na carreira de consultor é necessário que sejam desenvolvidas as competências:

  • Humanas (de cognição, de assertividade, de relacionamento interpessoal, atitudinais)
  • Técnicas (metodológicas e de processos)
  • De conhecimento (específicas da área de formação / atuação)

Ao consultor é necessário desenvolver a si e também a sua prática. É imprescindível aprimorar sua visão sistêmica e a capacidade de identificar problemas, mapeá-los e transformar sua resolução em projetos e ações efetivas proporcionando o resultado esperado.

Para a consultoria – enquanto um negócio, é necessária a visão do plano ou modelo de negócios, análise do portfólio de serviços e produtos oferecidos, networking profissional e estabelecimento do plano mercadológico para a devida atuação e relacionamento com clientes e futuros clientes.

Se você está pensando em estabelecer algum plano, ainda para 2017, após essa reflexão sobre Empregabilidade, gostaria de sugerir que conheça um curso que estamos divulgando sobre consultoria.

O curso Consultoria na Prática está sendo oferecido em Jundiaí/SP, previsto para daqui 9 dias e que oferecerá todos os momentos para desenvolvermos as práticas de consultoria para quem quer desenvolver sua Empregabilidade, e também para quem já atua como consultor e deseja aprimorar sua prática.

O curso presencial acontecerá dia 09/11, quinta-feira, à noite; dia 10/11 sexta-feira o dia todo e dia 11/11, sábado pela manhã.

Será ministrado por Luiz Affonso Romano, presidente da ABCO (Associação Brasileira de Consultores Organizacionais) e Fundador do Laboratório da Consultoria e por mim, Janaína Firmino, trainner da Humanativa.

Espero que a reflexão sobre a atuação como consultor tenha sido importante para quem chegou até aqui, nesta leitura. Caso não te atenda conhecer o curso, nos despedimos aqui e te agradeço pela leitura. 🙂

Para quem gostaria de saber um pouco mais sobre o conteúdo do curso e se inscrever, basta acessar o link abaixo:

https://www.sympla.com.br/curso-consultoria-na-pratica__193311

Agradeço sua atenção e desejo boas oportunidades!

 

Janaína Firmino

Trainner Humanativa / Consultora Organizacional / Professora Universitária

Share Button

1 Comment

  1. Nágila Ribeiro Sales · 13 de novembro de 2017 Reply

    Boa Tarde!

    Muito interessante essa postagem de texto. Com as mudanças no cenário atual, somos levados a vivenciar a tão falada “Empregabilidade”. E por que não? Essa capacidade de manter-se ativa e em busca cada vez mais de conhecimento e desafios, tem sido minha satisfação profissional.
    Fiz o curso mencionado em Belo Horizonte/2016 com Luiz Romano e indico.

    Abraços,
    Nágila – Consultoria em Psicologia
    ____________________________________
    http://www.nagilasales.com
    (31) 98915-2052

Leave a reply