Como estruturar um negócio de consultoria II Por onde começar?

19 de outubro de 2017

Um consultor competente e eficaz é aquele que une conhecimento teórico e técnico à experiência prática em sua área de especialidade, que o tornarão com as múltiplas experiências, erros e acertos, um consultor sênior  mobilizado sempre na direção de soluções objetivas e precisas aos clientes. Nesse sentido, é fundamental que se alimente, tão cedo se decida enveredar pelo ramo da Consultoria, o chamado capital intelectual, que se refletirá diretamente no nível de perícia do consultor e, consequentemente, na qualidade do trabalho oferecido e dos produtos obtidos pelos clientes.

Deve-se ainda buscar, ampliar e refinar saberes, aptidões, habilidades e atitudes para além do know-how em seu campo específico de atuação, tornando-se um observador racional, realista, criativo e proativo, com boa capacidade de análise, interpretação e reflexão para resolver os “quebra-cabeças” que o desafiarão.

É preciso, assim, investir em um caminho constante de atualização  e preparação que envolve  adotar um estilo de comunicação próprio, fazer cursos, estudar cases, debater com outros consultores, saber quando dar e receber feedback e feedforward, ouvir com atenção o cliente, diagnosticar com o cliente, observar o ambiente,  pesquisar referências em  artigos e livros, mantendo-se atualizado sobre as abordagens, tendências e demandas de mercado do segmento. Postura ética, confidencialidade absoluta, comunicação, independência de opinião e habilidade e facilidade no relacionamento interpessoal são outros atributos básicos.

*Curso Introdução à consultoria Online com Luiz Affonso Romano  https://lp.administradores.com.br/l/consultoria

** perfil das Empresas de Consultoria no Brasil( 2014/15 e 16) http://laboratoriodaconsultoria.com.br/site/perfil-das-empresas-de-consultoria-no-brasil-2016/

 

 

Share Button

Leave a reply